sexta-feira, 8 de julho de 2022

Vivemos na cultura da embalagem

“Vivemos em um mundo onde o funeral importa mais do que
 o morto, o casamento mais do que o amor, e o físico mais do 
que o intelecto. Vivemos na cultura da embalagem, 
que despreza o conteúdo.”