domingo, 3 de janeiro de 2021

Feliz do homem...

que não espera nada
pois nunca terá desilusões