quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Não é preciso

Não é preciso ouvir da boca
quando se sabe ler os olhos