quinta-feira, 5 de março de 2020

Eu já sofri em silêncio...

“Eu já sofri em silêncio. Eu já perdoei erros
 imperdoáveis. Eu já engoli meu orgulho.
 Eu já lutei contra sentimentos intensos. 
Eu já desisti de pessoas tidas como importantes.
 Eu já quebrei minhas próprias regras. 
Eu já enfrentei batalhas que ninguém soube. 
Eu já morri por dentro. E eu sobrevivi.”